José Marcos

Share
José Marcos e Ricardo Cruz perto da Reserva Natural do Estuário do Douro
José Marcos e Ricardo Cruz perto da Reserva Natural do Estuário do Douro

O José Marcos aderiu recentemente à utilização da bicicleta em contexto urbano. Aproveitando a movida que aos poucos se começa a pressentir  no Porto, o José propôs ao Ricardo que o acompanhasse numa deslocação desde o Carvalhido até à Afurada,  à Reserva Natural do Estuário do Douro.

Aqui fica o testemunho dele, com base em algumas perguntas que o Ricardo fez:

Bike Buddy (BB): Em que medida consideras pertinente as sugestões dadas pelo BB?

José Marcos (JM): A circulação no trânsito de uma grande cidade apresenta-nos todo o tipo de dificuldades, sendo a maior delas a partilha da via com os outros utentes. Ter o privilégio de poder observar e aprender com um BB bastante experiente a lidar com as dificuldades e a comunicar com os restantes utentes, pode ser a diferença entre rodar numa bicicleta… ou numa cadeira de rodas.

BB: Há quanto tempo te deslocas na cidade de bicicleta e como interpretas essa forma de locomoção?

JM: A bicicleta é o meu principal meio de locomoção desde Julho e acredito que o seja por muitos anos. Para mim é o transporte ideal, pois é o único que me permite aliar a deslocação à diversão, à saúde e ao cuidado com o ambiente. Ainda por cima, a cidade e a sociedade beneficiam exatamente das mesmas vantagens que eu.

BB: Qual a tua opinião sobre o projeto  Bike Buddy?

JM: Considero o projeto Bike Buddy tão importante que espero um dia vir a ter as competências necessárias para poder fazer parte dele.